Mês: fevereiro 2012

Quem foi Gioachino Rossini?

Quem acompanha o blog já há mais tempo sabe de minha relação quase simbiótica com a música clássica e erudita. Pois bem que o dia de hoje merecidamente e com gratidão nas palavras venho prestar aqui não uma homenagem, mas sim uma grande reverência a um dos compositores eruditos que mais admiro: Gioachino Antonio Rossini.

Filho de simpatizantes e entusiastas da Revolução Francesa, Rossini nasceu na Itália em 29 de fevereiro de 1792 e como os mais atentos podem perceber completaria hoje seus 220 anos. Velho? Nada disso as composições de Rossini atravessaram os tempos e marcaram épocas em todo tipo de gênero e entreterimento.

Abaixo exemplo de episódio em que Pernalonga representa adaptação de uma das peças mais famosas de Rossini: Il barbiere di Siviglia (“O Barbeiro de Sevilha”).

Não foi apenas Pernalonga que se interessou pela obra de Rossini. Abaixo outra adaptação do barbeiro de Sevilha agora encenada pelo Pica Pau.

Como não poderia deixar de ser, para aqueles que tiveram a curiosidade de clicar, o Google homenageou hoje Rossi com Doodle como todos podem ver na figura abaixo, uma homenagem de uma das maiores “personalidades”da internet, senão a maior a uma das maiores personalidades da música, sem dúvida.

Não poderia encerrar sem deixar um pouco de Rossini agora com sua obra original. Enjoy!!!

Campus Party 2012 – Começo do fim

Parece que por esse ano o sonho acabou e a Campus Party vem chegando ao fim. Nessa hora o consolo vem em saber que em 2013 teremos mais, muito mais!

Passei aqui uma semana inteira e por mais tente descrever a sensação não encontro as sentenças corretas, as frases me faltam e tudo que escrevo parece ser muito simples para explicar o quão bom foi o evento! Como dizem que uma imagem vale mais que mil palavras, resolvi postar um vídeo, muito bem editado pelo @ . Abaixo o vídeo:

Semana de Arte Moderna – 90 anos

Cartaz Semana de Arte Moderna 1922

 

Nos dias 13, 15 e 17 de fevereiro do ano de 1922 no Teatro Municipal de São Paulo, há quase exatos 90 anos acontecia uma das mais expressivas, senão a mais expressiva, renovação da cultura brasileira. O movimento chamado de Semana de Arte Moderna promoveu por meio de experimentações diversas uma ruptura com o passado cultural brasileiro lançando para nossa sorte, aqueles que transformariam o caminho pelo qual vinham sendo conduzidas as artes brasileiras.

O movimento contou com nomes sagrados da cultura brasileira à época até os dias de hoje como: Mário de Andrade, Oswald de Andrade, Víctor Brecheret, Plínio Salgado, Anita Malfatti, Menotti Del Pichia, Guilherme de Almeida, Sérgio Milliet, Heitor Villa-Lobos, Tarsila do Amaral, Tácito de Almeida, Di Cavalcanti dentre muitos outros. E foi assim que escritores, poetas, pintores, maestros e músicos entraram em definitivo para a história da cultura e das artes brasileiras e do mundo.

Mário de Andrade (primeiro à esquerda, no alto), Rubens Borba de Moraes (sentado, segundo da esquerda para a direita) e outros modernistas em 1922, dentre os quais (não identificados) Tácito, Baby,Mário de Almeida e Guilherme de Almeida e Yan de Almeida Prado

 

Hoje este escritor desregrado e certamente um dos escritores menos lidos de que se tem notícia, para em plena madrugada para relembrar este que foi um dos mais importantes e inspiradores movimentos de renovação cultural de que se tem notícia por aqui. Como complemento e também na tentativa de amenizar as palavras ainda muito aquém de nomes como aqueles citados acima, reproduzo dois vídeos veiculados pelo site do Jornal O Estado de São Paulo com declamações dos poemas:  “Paisagem nº1” e “Inspiração” de Mário de Andrade realizadas pela Professora Telê Ancona. Abaixo seguem os vídeos.

Mais um pouco de Campus Party

Com a Campus Party chegando ao fim, chega também ao fim uma semana muito intensa e produtiva, onde tive a oportunidade de participar de excelentes discussões sobre mídias digitais, inovação, software livre e uma outra infinidade de temas ligados à área de tecnologia e internet.

Não é nada fácil fazer balanço de certos momentos de nossas vidas e em se tratando de Campus Party essa dificuldade torna-se ainda maior. Afinal foram sete dias de muita informação, muita novidade e muito trabalho para digerir tudo e fazer anotações daquilo de que participamos presencialmente e também daquilo que pudemos acompanhar pelas mídias sociais e demais meios de comunicação do evento.

Nesse turbilhão de acontecimentos é importante destacar como foi fácil encontrar pessoas interessantes, educadas e muito mas muito inteligentes. Fiz amigos que hoje dão a impressão de serem conhecidos antigos velhos amigos. Afinal tantas foram as áreas de interesse em comum e tantos foram os assuntos e novidades e discutir que se fosse pela saudade de casa daria para dizer que nem percebi o tempo passar.

Etapa cumprida restam ainda dois dias de evento quando já começamos (acreditem) a traçar os planos para ano que vem na próxima Campus Party. Contatos são atualizados, amigos são seguidos e tornam-se seguidores, e-mails  e fotos compartilhados garantindo que todo esse ambiente de amizade seja preservado e intensificado para o próximo ano. As histórias e impressões e mais detalhes sobre o evento vou escrevendo e postando aqui, pois foram tantas anotações que confesso estar ainda me organizando e recompilando as ideias antes de escrever os posts. Até o próximo post.

Tumblr agora com representação no Brasil

Demorou mas saiu. Finalmente o Tumblr, site que hospeda blogs de maneira bem diferente e diga-se de passagem, muito mais interessante do que os demais sites existentes no mercado, chegou ao Brasil e enviou sua representante daqui para a Campus Party.

Com jeito muito simpático e com postura muito aberta Gina G. a representante organizou um Bar Camp em que escutou dos campuseiros sugestões, apresentando-se e se colocando à disposição para ajudar naquilo que fosse preciso. Abaixo a Foto do Bar Camp com Tumblr

Bar Camp Tumblr

Vejo com muito bons olhos a iniciativa do Tumblr em estabelecer-se aqui no Brasil, afinal segundo a representante Gina G. o Brasil está entre os maiores usuários do Tumblr. Foram citadas diversas funcionalidades e explicados detalhes que até então eu desconhecia, fato que me fez mesmo que de uma hora para outra, retomar minha conta no Tumblr e claro retomar também meus os posts.

Dentre os desafios do Tumblr no Brasil, destaco a necessidade em disponibilizar a ferramenta no idioma português que certamente hoje constitui uma das maiores barreiras à disseminação entre os internautas e blogueiros brasileiros. Muito se tem falado tanto em blogs como em redes sociais e o Tumblr a meu ver apresenta um perfil que de uma maneira muito interessante acaba unindo as duas coisas.

Não devemos, pois esperar que a ferramenta, pelo menos no médio prazo, consiga conquistar o grande mercado de redes sociais hoje dominado basicamente por Facebook, Orkut e Twitter, porém vejo uma oportunidade muito interessante para o Tumblr que será congregar um lado diferente dos  conteúdos produzidos atualmente. Se bem trabalhado o Tumblr poderá reunir comunidades inteiras de escritores que longo do comum, vem fazendo, crônicas, narrativas, contos e poesias, diferente do grande número de blogueiros que infelizmente vem trabalhando exclusivamente o humor em seus posts e sites.

Espero que o Tumblr tenha muito sucesso e torço muito pelo sucesso da Gina G. que mostrou hoje aqui na Campus Party, todo seu empenho, simpatia e vontade. Boa Sorte Tumblr Brasil, espero que seja o início de uma iniciativa que dure por muitos e muitos anos.

Manhã nerd – Campus Party 2012 #cpbr5

O dia de hoje na Campus Party começou com a leitura da Folha de SP que noticiou improvisos nos chuveiros do evento (link da matéria aqui).

Para os campuseiros presentes nada demais. Os chuveiros são privativos e não tem fila (nerds tomam pouco banho? Ops!). Enfim é notório que o evento ainda amadurecer um pouco, porém nada que mereça um destaque desses em um dos principais jornais do país. A meu ver foi meio que falta de assunto. Claro que sempre temos onde melhorar e críticas são sempre bem vindas e blablalba, mas achei meio desproporcional o destaque da matéria dado pela Folha de SP.

Enfim vamos logo à parte boa dessa manhã aqui. Continuamos em nosso espaço ao lado da DM9 e da torre reciclada de latas de refrigerante (foto abaixo).

Torre Lata #cpbr5

A manhã de hoje foi reservada para muita zoação ao melhor estilo nerd. O Walace da DM9 soltou uma frase que merceu destaque, reproduzo abaixo:
“Evento perfeito: Churrasco organizado por paulista, com carne assada por gaúcho, animado por carioca, em praia nordestina, cheia de mulher mineira. Cada um no seu core business.”

Outro destaque foi a inveja do dia que ficou a cargo do já amigo Fargon Jinn do blog Relatório da Situação (http://www.relatoriodasituacao.com.br). Como se não bastasse estar na Campus Party o sortudo recebeu beijinho na buchecha (Vai ter sorte assim lá na PQP) e ainda para arrematar tirou foto abraçadinho com nada mais, nada menos que Juju Salimeni –  a Panicat.

Fargon Jinn @panicat

O pobre, tenso e manso aqui como não em nada voltado para a lua, assistiu a palestra sobre Fim da Blogosfera que em breve será registrado aqui em post.
Então é isso! É tenso! Mas vamo que vamo, pois afinal é Campus Party #cpbr5

Quando a Campus Party Dorme! #cpbr5

Nerd que é nerd de verdade não se preocupa com horário. Quem nunca passou uma ou várias noites em claro sabem disso muito bem. Os motivos são variados, chat com conhecido recente, msn com paquera, jogando na pressão, enfim…

Mas e na Campus Party? Aqui como já era de se esperar as reações e suas consequências são ainda mais impressionantes. Se formos analisar o perfil do sono dos nerds campuseiros exatamente certamente ficaríamos espantados em constatar como a galera dorme pouco (me incluo aqui). Certo ou errado, fazendo bem ou não, não importa! O fato é que nerds dormem pouco e na tentativa de ter, mesmo que vagamente, a ideia do quão pouco dorminos, fiz um pequeno exercício de inferência baseado no gráfico que mostra o tráfego na Campus Party 2012.

Então vamos aos dados. Abaixo o gráfico do tráfego (foto tirada em 08/02/2012 mais ou menos às 12:00.
E então? Pelo gráfico acima e chutando o balde para inferir, mesmo sabendo de toda a possível imprecisão dos dados, notamos que os nerds campuseiros dormem nos horários entre 05:00 AM e 07:30 AM como mostrado na área marcada em vermelho no gráfico.
Então moçada é o seguinte  se um nerd comum já dorme pouco, o nerd campuseiro dorme ainda menos. Inferências à parte espanta a marca de apenas 2:30 (duas horas e trinta minutos), mas quem passou pela Campus Party sabe muito bem que dormir aqui não está como nada! É isso! É Tenso!